Logo Aesthetic Clinic

Tratamentos Calvíce

Clínicos

Existem hoje inúmeras terapias clínicas, com medicamentos tópicos, estimulação do couro cabeludo e mais recentemente laserterapia.

É importante deixar claro que se a causa for genética, nenhum tratamento clínico trará seus fios de volta, mas retardará muito a evolução de sua calvície. Em alguns casos, ocorre um engrossamento dos fios, dando uma impressão de que cresceu cabelo.

Os mais eficientes são:

- minoxidil: Age melhorando a circulação local e conseqüentemente retardando a queda do cabelo . Isoladamente os resultados são limitados, mas associado com outros tratamentos podem ser obtidos bons resultados.

- finasterida: age bloqueando a ação do dht no bulbo capilar e retardando a calvície. Tem maior efeito e eficácia em homens e nunca deve ser utilizado via oral nas mulheres, apenas tópico e com acompanhamento médico.

- lasecomb: última tecnologia em termos de tratamento clínico. Estimula a circulação local, retardando a queda e aumentando e espessura dos fios que estavam em processo de calvície.

- Outros: Alguns especialistas utilizam tratamentos tópicos realizados em consultório, como a intradermoterapia capilar: nesse tratamento, "princípios ativos" são injetados diretamente na derme (pele) do paciente, muitas vezes com bons resultados. O uso de shampoo anti-queda sempre foi muito popular, mas seus efeitos são muito limitados. São mais indicados para tratar outros fatores que contribuem para a queda de cabelo, como a dermatite seborréica (caspa).

Cirúrgicos

A solução definitiva para os casos de rarefação capilar importante é a cirurgia de microtransplante capilar.

Muitas mulheres não a procuram por pura falta de informação ou por acharem que está indicada somente para homens. Quando bem indicada os resultados são excelentes e devolvem a auto-estima e o prazer de viver em sociedade.

As indicações são:

- calvícies mais avançadas (graus II e III): mas sempre concomitante com o tratamento clínico para "frear" a evolução da queda, ou seja, o transplante se encarregará de aumentar o volume capilar e o tratamento clínico de estabilizar a queda.

- correção seqüelas cicatriciais: queimaduras, cirurgias estéticas faciais, radioterapias, etc...

*obs: Somente indicamos o Transplante quando a área doadora não estiver afetada, ou seja, tiver boa densidade na parte de trás (perto da nuca) e quando o processo de queda estiver estabilizado. Existe uma região do couro cabeludo, no dorso e nos lados da cabeça, que não possui o gene da calvície e que não sofrem esta ação hormonal. Estas são as regiões das quais se extraem os fios a serem transplantados. Como são do próprio paciente, não existe rejeição aos transplantes. Qualquer pessoa a partir dos 18 anos pode fazer um transplante capilar, com exceção de calvícies muito extensas, na qual a área doadora é muito pequena, não permitindo um bom resultado.

O planejamento cirúrgico é feito sempre visando a naturalidade da aparência. Na área frontal , o médico e o paciente decidem como será desenhada a "linha frontal". Em nossa mega-sessão cirúrgica, são transplantados de 3.000 a 5.000 fios. É possível dependendo da área da calvície, que seja necessária uma segunda sessão após alguns meses, para melhor resultado.

A anestesia realizada é geralmente local com sedação e dura aproximadamente 4 horas, recebendo alta no mesmo dia. A área doadora fica com uma fina cicatriz, entremeada pelos cabelos e totalmente inaparente no pós-operatório.

Na região dos transplantes formam-se pequenas crostas, que em um período de 1 a 2 semanas se desprendem, levando consigo os fios transplantados. Ao final de 3 meses, começam a crescer os novos cabelos a partir das raízes que foram transplantadas. A partir daí os cuidados são os normais. Os fios transplantados não irão cair nunca, pois não têm o gene sensível ao hormônio masculino.

 
 
 
 
 
 
 

RS Web Interactive Aesthetic Clinic agenciars.com.br

Aesthetic Clinic - 2008 - Todos os direitos reservados
Diretor Técnico: Dr. Maurício Orel - CRM 105098 / RQE 2992